Equipes da Embasa e Seinfra realizam visita técnica em diversos pontos de Lauro de Freitas

Por:
Quarta, 25 de Janeiro de 2023 às 18:06

Equipes da Embasa e Seinfra realizam visita tcnica em diversos pontos de Lauro de Freitas

Foto: Danilo Magalhães


As equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) e da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) vistoriaram algumas ruas e avenidas de Lauro de Freitas, nesta terça-feira (24). A visita técnica teve o objetivo de solucionar os problemas na malha asfáltica, ocasionados por obras administradas pela Embasa. Os técnicos passaram por alguns trechos de Vilas do Atlântico, como a Avenida Praia do Guarujá e a Rua Praia de Copacabana. Também estiveram nas Avenidas Beira Rio e Amarílio Tiago dos Santos, no Centro; e Avenida Santo Amaro de Ipitanga, em Vida Nova.

O secretário de Infraestrutura do município, Roque Fagundes, explica que essas ações externas já são feitas de forma rotineira, mas neste ano, serão intensificadas, com o intuito de dar mais celeridade às resoluções dos problemas identificados. 

Segundo o gestor, essa é a primeira visita feita junto à Embasa, para solicitar a reparação de alguns trechos com recalque no asfalto. “A gente sempre realiza visitas in loco, mas sentimos a necessidade de intensificar essa fiscalização. Toda obra é passível de causar transtornos e algumas falhas. Como estas obras são da Embasa, nós nos dirigimos  diretamente à EMBASA para que ela intervenha com a empresa contratada que executa o serviço para fazer as correções necessárias”, comentou.

Durante a visita, os técnicos conheceram de perto alguns problemas que já tinham sido informados, através de relatórios e comunicados emitidos pela gestão municipal. A analista de saneamento da Embasa, Tais Meireles, destaca que diversas obras importantes estão sendo feitas no município e, com isso, se faz necessária a realização de vistorias. “As visitas são extremamente importantes pra gente conhecer os pontos que precisam de melhoria. Vamos nos reunir internamente, verificar a situação dos contratos, para então solicitar os devidos reparos”, disse.