II Fórum Municipal de Saneamento Básico de Lauro de Freitas avalia progressos e desafios

Por: Laerte Santana
Quinta, 26 de Outubro de 2023 às 15:03

II Frum Municipal de Saneamento Bsico de Lauro de Freitas avalia progressos e desafios

Foto: Lucas Lins


No II Fórum Municipal de Saneamento Básico de Lauro de Freitas, realizado nesta quinta-feira (26), foi avaliado o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) vigente e apresentado seus andamentos à população para debater aprimoramentos. Além disso, o evento buscou esclarecer pontos fundamentais do Marco Legal do Saneamento Básico e temas relacionados ao saneamento, incluindo fornecimento de água, tratamento de esgoto, gestão de resíduos e sustentabilidade ambiental.

O II Fórum reuniu representantes de diversas instituições, que contribuíram com discussões abrangentes. O vice-prefeito, Vidigal Cafezeiro, destacou avanços na abertura do fórum. "No primeiro fórum, concentramos na revisão do plano municipal de saneamento básico, que orientou a realização de projetos importantes em andamento hoje, como macrodrenagem, esgotamento sanitário, reurbanização, ampliação do aporte de água e gerenciamento de resíduos sólidos. Agora, neste segundo fórum, estamos aqui para avaliar o progresso nas questões de saneamento até o momento, para direcionar esforços de maneira mais eficaz”, disse.

Para o secretário de Infraestrutura, Geraldo Mascarenhas, quando se fala em saneamento, se discute na verdade um conjunto de ações que impactam diretamente na qualidade de vida da população. “Estamos falando sobre questões importantes, como o fornecimento de água, a gestão de resíduos, o tratamento de esgoto, a preservação do meio ambiente e muito mais. Este fórum representa um espaço valioso para aprofundar nossas conversas sobre essas questões fundamentais."



O evento também abordou temas relacionados às revisões periódicas do Plano de Saneamento Básico e os avanços alcançados desde a aprovação do PMSB em 2018. O professor Lindauberto Coura, mestre em engenharia sanitária ambiental, apresentou um histórico do saneamento básico em Lauro de Freitas. Em relação aos desafios do PMSB do município, se destacou o progresso nas metas de abastecimento de água e esgotamento sanitário.

No que se refere ao abastecimento de água, Lauro de Freitas já atingiu uma cobertura de 99% e tem capacidade para atender às metas previstas para 2033. Quanto ao esgotamento, o município possui uma cobertura de 60% (sendo 40% ETEs da Embasa e 20% ETEs próprias), com planos para alcançar 90% de atendimento até 2033.

O II Fórum, no auditório do Ceeptic, contou com a participação de representantes das Secretarias Municipais de Meio Ambiente (Semarh), Serviços Públicos (Sesp), Procuradoria Geral (PGM), além da Embasa, Conder, Agersa e Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS).