Loja Colaborativa de Lauro de Freitas é uma das opções para encontrar o presente ideal para as festas de fim de ano

Por: Giovanna Reyner
Sexta, 16 de Dezembro de 2022 às 09:09

Loja Colaborativa de Lauro de Freitas  uma das opes para encontrar o presente ideal para as festas de fim de ano

Foto: Wandaick Costa


Espaço comercializa produtos artesanais da economia solidária a partir de R$ 10

Com a proximidade das festas de final de ano, o Artesanato Lauro de Freitas – Loja Colaborativa, localizado no piso L2 do Parque Shopping Bahia, é uma excelente oportunidade para quem pretende presentear seus entes queridos e ainda economizar. O espaço aconchegante, bem iluminado e climatizado oferece os produtos da economia solidária feitos por artesãs e artesãos do município.

A cada semana, mais de trinta artesãos comercializam seus produtos no espaço, com peças vendidas a partir de R$10. No local, os clientes podem encontrar acessórios pessoais e para casa, como esculturas, bolsas, bonecas, macramê, peças em madeira, roupas, costura criativa, utilitários em cerâmica e MDF, perfumaria, entre outros.

Todo lucro das vendas é revertido para os produtores. A Loja Colaborativa é o primeiro empreendimento deste tipo em Lauro de Freitas. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 22h, e aos domingos das 13h às 21h. A iniciativa faz parte do Programa Cidade Solidária Sustentável, executado pela Secretaria de Trabalho, Esporte e Lazer (Setrel), com o apoio do Centro Público de Economia Solidária (Cesol).

De acordo com levantamento feito pela administração do espaço, nos primeiros três meses de funcionamento, a Loja Colaborativa conseguiu vender mais de R$ 38 mil em produtos e a projeção para dezembro, é de superar a casa dos R$ 10 mil.  “Obter os produtos da economia solidária quer dizer que você está colaborando com a renda e autonomia de várias mulheres”, destaca a coordenadora do Coletivo Mulheres de Areia, Leide Gonçalves. O coletivo, que é composto por sete artesãs, vende na loja colaborativa as esculturas da mulher preta e de orixás, além de chaveiros.

Entre outros empreendimentos que compõem o Artesanato Lauro de Freitas estão a Arte em Telhas, Sukran, Arte Chies, Terços da Tita, Marttin Arte Crochê, Ariana Arte e Pano, D’Lua, Maria Castana, Criar Artesanato, Magia da Arte, Cimento e Flor, Arte em Gamelas, Aromy’s, Bella Mesa Decor, Ateliê Casa das Artes, Cliart, Rozart, Deyse Macramê, Grupo Fazendo com as Mãos, Atelier de Mesa, Santo Fuxico, Verde e Terra Saboaria, Casa de Rechilieu Filha de Ogum, Ateliê Meu Canto e Ciraartes.



A singularidade dos produtos e até a possibilidade de fazer um presente sob encomenda é o que torna a experiência de comprar na Loja Colaborativa única, como avalia a artesã Elenita Rocha Ludwig, dá Terços da Tita. Ela confecciona produtos religiosos, em especial terços e fitinhas do Senhor do Bonfim. “Aqui os presentes são diferenciados e exclusivos, não é um presente feito em série por exemplo. Não vejo como comparar um produto manufaturado, feito em fábrica igual a um produto artesanal. No artesanato você vê as pequenas falhas e as pequenas falhas é que tornam o material único”, ressalta.

A coordenadora de Associativismo e Cooperativismo da Prefeitura de Lauro de Freitas, Juci Santana, endossa que comprar na economia solidária é ajudar uma cadeia e contribuir diretamente, e em sua grande maioria, para o sustento de famílias chefiadas por mulheres negras, garantido a autonomia financeira. “Queremos muito que a loja continue nesse sucesso que foi nesses últimos meses, desde o dia 25 de julho, quando a loja é inaugurada, no Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, que temos através dos números demonstrado o quanto a loja é um sucesso, são produtos e artigos únicos do artesanato, da economia solidária, do empreendedorismo”, enfatiza.