Estudantes da rede municipal de Lauro de Freitas voltam às aulas com novas estruturas e salas climatizadas

Por: Neison Cerqueira
Quarta, 21 de Fevereiro de 2024 às 13:01

Estudantes da rede municipal de Lauro de Freitas voltam s aulas com novas estruturas e salas climatizadas

Foto: Lucas Lins

 

A quarta-feira (21) foi marcada pela volta às aulas para os mais de 25 mil alunos da rede municipal de ensino de Lauro de Freitas. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), se preparou para receber os estudantes, que terão como novidade, além das novas estruturas, o alívio do calor: algumas unidades já estão climatizadas, como é o caso da Escola Municipal Tenente Gustavo, no Capelão. A iniciativa vai beneficiar professores, alunos e servidores da educação.

Aos 8 anos, Lorrana Oliveira, aluna do 4º ano, se disse empolgada com o primeiro dia e o clima na sala de aula não passou despercebido. “Minha expectativa é muito boa. Aqui tem amigos que já conheço. Os novos ainda não sei quem são, mas seremos amigos. Aqui a gente tem ar-condicionado. Não vamos mais passar calor”, disse a jovem. Também do 4º ano, Natália Cerqueira, de 9 anos, contou que estava sentindo falta da escola. “Eu estava com muita saudade”, frisou.

A empolgação da criançada não é diferente da ansiedade da multidisciplinar Aldilene Teixeira. “Que bom começou o ano letivo. Estava com saudade. Mas, a novidade mesmo é o ar-condicionado. Melhorou para todo mundo. Tenho uma turma grande, com 33 anos alunos, mas hoje é o primeiro dia. Estou empolgada”, contou a professora, que leciona Português, Matemática e Ciências.



Para Luciana Almeida, diretora da unidade, os mais de 300 alunos matriculados na escola se sentirão confortáveis com as mudanças e vão gostar das novidades. “Vejo como algo positivo esse início de ano letivo. Tenho conversado com um grupo de pais, que é uma conversa constante, e eles demonstram segurança em seus filhos estarem matriculados na nossa escola. Percebo que os alunos estão felizes em retornar aos estudos”, disse.
Ainda segundo a gestora, a climatização na sala de aula vai auxiliar e influenciar muito nessa retomada. “O ar-condicionado nas salas vai influenciar na qualidade pedagógica do professor, da qualidade e bem-estar dos alunos em sala de aula. Aqui, algumas das nossas salas são poentes, então, com o ar vamos ter um ‘plus’ no processo de ensino e aprendizagem”, concluiu.

Escolas climatizadas

A SEMED iniciou o maior programa de climatização de unidades escolares da rede de ensino. O programa busca promover a climatização de 52 unidades, que até então funcionava com ventilação natural, compreendendo cerca de 800 salas de aulas e espaços administrativos de escolas e creches municipais.

Foram realizados estudos detalhados dentro das necessidades de cada unidade escolar. Posteriormente, um conjunto de contratações, mediante licitação pública foram feitos, visando promover a reforma para adequação física e elétrica das escolas e creches, garantir a aquisição dos equipamentos de ar-condicionado, de potenciais variadas de acordo com estudos técnicos, além de promover a contratação de serviço de instalação dos equipamentos.
 
A SEMED já reformou 52 escolas para adequação do processo de climatização, com a entrega de 760 equipamentos. De 20 de janeiro de 2024, data da assinatura do contrato, já foram instalados um total de 109 equipamentos e 09 escolas já estão totalmente climatizadas. Confira quais as escolas municipais já foram beneficiadas:
• Pedro Paranhos;
• Jardim Talismã;
• Enock Amaral;
• Dom Avelar;
• Fênix;
• Vila Praiana;
• Jacira Fernandes;
• Tenente Gustavo;
• Vida Nova.