Neojibá realiza oficina no WCD 2024 e celebra os 2 anos do núcleo em Lauro de Freitas

Por: Yandra Barros
Sábado, 20 de Abril de 2024 às 14:02

Neojib realiza oficina no WCD 2024 e celebra os 2 anos do ncleo em Lauro de Freitas

Foto: Andressa Oliveira


“Lugar da plateia é no palco”. Essa foi a frase dita pelo maestro Alexandre Guimarães, coordenador do Núcleo de Práticas Musicais (NPM) do Neojibá Lauro de Freitas, que marcou presença no segundo dia do World Creativity Day (WCD 2024). A oficina musical com o tema “Inovação e Tradição em foco”, teve uma apresentação interativa com a participação ativa da plateia, na manhã deste sábado (20).
“A gente quer trazer o público para dentro da orquestra. É muito mais uma oficina de quebra de fronteira, do que é público, o que é artista. Porque no Neojibá a gente fala muito sobre isso, que lugar de plateia é no palco. E muito mais que uma apresentação é trazer o público para dentro do que é nossas atividades, nosso dia a dia, além do funcionamento das nossas orquestras e dos nossos corais. Então a gente buscou uma atividade que a gente não procurou colocar fronteira”, completou o Maestro.


O empresário e morador de Lauro de Freitas, Vasco Augusto, parabenizou a experiência proporcionada pela oficina. “Está sendo muito legal, nós trouxemos nosso filho aqui para poder conhecer, e ele está adorando a experiência”, frisou.


2 anos x desenvolvimento social

Durante a oficina, o NPM aproveitou para celebrar, junto com o público, os dois anos em Lauro de Freitas, completados no próximo dia 23, como explicou Alexandre. “Nesse contexto da celebração dos nossos dois anos do NPM em Lauro de Freitas, a gente recebeu esse convite da prefeitura para participar do WCD, então a gente aproveitou para fazer um momento de celebração junto com as famílias dos integrantes, junto ao público em geral”.
Nesse período cerca de 300 crianças e adolescentes, de 6 a 18 anos, já foram beneficiados diretamente pelo projeto, que gera um impacto para as crianças de desenvolvimento social com disciplina e conhecimento, como destacou o coordenador. “O impacto para as crianças é estar em um projeto de desenvolvimento social fazendo uma prática muito saudável, onde se traz a disciplina para o dia a dia, em que se traz o conhecimento não só musical. Tem o conhecimento social e histórico e, para além disso, tem um impacto para a comunidade, porque Lauro de Freitas pode dizer que tem sua orquestra e seus corpos estáveis, e terá sempre”, concluiu.
Ana Cláudia Miranda, pedagoga e mãe de um dos integrantes da orquestra contou como o NPM impactou na vida de seu filho. “Meu filho está aqui no núcleo desde que começou e a música é muito boa como terapia, para ajudar nas habilidades psicomotoras,  para ajudar no intelectual da criança. A música é uma terapia, tanto para a criança quanto para o adulto. Fora o orgulho imenso que tenho dele, cada vez mais ele vem melhorando. Que esse projeto continue, e cresça cada vez mais para dar oportunidade para incluir ainda mais crianças”.


Para Taciano Passos, violinista de 12 anos, a música melhorou sua qualidade de vida. “Quando eu não conhecia muito bem a música, eu tinha muita ansiedade, minha mão suava muito. Eu ficava com raiva muito fácil, por causa até dos jogos. Aí depois que conheci o Neojibá, que eu conheci a música, comecei a me controlar”, contou.
O WCD 2024 segue até este domingo (21), com mais de 50 atividades para todos os públicos, distribuídas em diversos espaços da cidade. Para se inscrever gratuitamente e conferir a programação completa, basta acessar o site oficial do World Creativity Day (https://worldcreativityday.com/brazil/lauro-defreitas/activities).